A Polícia Federal do Brasil segue realizando operações para supostamente prender os corruptos do país. Trabalho para alguns séculos, como se sabe.

Hoje (23/6) o alvo de um mandado de busca e apreensão de documentos foi a residência do ex-ministro petista Carlos Gabas.

O portal do jornal Zero Hora, antecipando-se à capa que certamente virá cheia de alegorias na edição impressa de amanhã, deu a seguinte manchete:

ZH 23-06-20160

Isso lembra bastante o final do vídeo Delação, dos humoristas do grupo Porta dos Fundos.

Na peça em questão o ator Gregorio Duvivier, que interpreta um policial federal, faz perguntas de forma a induzir as respostas do interrogado – e usa essas respostas para deduzir a culpabilidade de terceiros.

ZH faz quase a mesma coisa: usa o chapéu da manchete (e a própria manchete) para sugerir que Dilma Rousseff tem alguma culpa na história, simplesmente por ter algum tipo de ligação com o acusado.

Enquanto Dilma pegou carona com um investigado pela PF, o jornal do Grupo RBS segue embarcando com tudo no jornalismo medíocre que tem sido praticado no Brasil.

Anúncios